Páginas

Seja um seguidor e receba nosso axé

Pesquisar assuntos deste blog

Leia também neste site

domingo, 27 de setembro de 2009

Entidades da Umbanda










Amigos hoje vamos falar um pouco sobre as entidades que trabalham na Umbanda

Elas se apresentam em dois graus hierárquicos, a saber:
- Guias (que podem ou não ser chefes de falange ou de legião)
- Protetores.
Obs: O grau hierárquico das entidades pode ser constatado pelos pontos riscados, dos quais falaremos em capítulo próprio.

Os guias podem se apresentar com vários corpos de ilusão. Corpo de ilusão é a forma plasmada pela entidade para se manifestar. Por exemplo, uma entidade que se manifesta na Umbanda com o nome de Pai Benedito, pode se manifestar no Kardecismo, por exemplo, com o nome de Dr. Fulano de Tal, e assim por diante.
Os guias são entidades que estão encerrando praticamente seus compromissos cármicos (podem ter ainda algum resíduo de carma – muitos já o são o que chamamos de Nyrmanacayas, isto é, entidades que já esgotaram quase que totalmente seus carmas). A maioria destas entidades são incorporantes.

Os protetores são entidades que ainda tem pela frente de 2 a 4 reencarnações, podendo se apresentar em apenas um único corpo de ilusão.

A incorporação está no capítulo de mediunidade.

Chefes de legião e chefes de falange não incorporam, ao contrário do que se pensa.
Isto significa que os chefes de legião (ou orixás menores) não se manifestam através da mecânica incorporação.

Abaixo dos 7 chefes de legião de cada linha, estão 49 entidades, de hierarquia imediatamente inferior, com os mesmos nomes, que são os chefes de falanges. Abaixo deles estão os guias, em número de 343. E abaixo deles estão os protetores, em número de 2401. Para cada linha. Guias e protetores se manifestam sob os mais variados nomes.

Obs: Não é incomum vermos algumas entidades se manifestarem com os mesmos nomes de chefes de legião, por exemplo, quando seu conhecimento demonstra obviamente que não o são; isto se dá, geralmente, apenas como uma forma carinhosa de manifestação ou por desejo inconsciente ou não do médium. Todos estão fazendo sua caridade.

Isto quer dizer que: o mesmo caboclo Pena Branca, por exemplo, que se manifesta num centro, não precisa ser, necessariamente, aquele que se manifesta em outro.

Além dessas entidades, estão aquelas que fazem parte de agrupamentos, enfeixadas nas diversas linhas, com um número ilimitado de entidades. Os agrupamentos mais conhecidos são os agrupamentos das Almas (conhecido como Linha das Almas), enfeixados nas linhas de Xangô e de Yorimá e o agrupamento do Oriente (enfeixado na linha de Oxalá).

Existem outras entidades que se manifestam em algumas casas de Umbanda, mas que não fazem parte da síntese da Umbanda, como por exemplo, baianos, boiadeiros, marinheiros e ciganos. São apenas espíritos que desejam trabalhar, mas não são nem guias e nem protetores e também não estão enfeixados em nenhuma das linhas de Umbanda e não se relacionam, portanto, a nenhum Orixá.

Estes espíritos trabalham apenas na base do aconselhamento em cima de seus sistemas particulares de crenças enquanto indivíduos comuns, pois não têm acesso aos registros cármicos dos consulentes e tampouco maior conhecimento.

7 Orixás (linhas)
7 Chefes de Legião
7 Chefes de Legião
7 Chefes de Legião
7 Chefes de Legião
7 Chefes de Legião
7 Chefes de Legião
7 Chefes de Legião
49 Chefes de Falange
49 Chefes de Falange
49 Chefes de Falange
49 Chefes de Falange
49 Chefes de Falange
49 Chefes de Falange
49 Chefes de Falange
343 Guias
2401 Protetores

A seguir, detalhes de um Orixá (Linha):

Obs: Os símbolos utilizados são apenas para exemplificar, não representando a simbologia da Umbanda.

7 Chefes de Legião com nomes diferentes
Para cada Chefe de Legião encontramos 7 Chefes de Falange com o mesmo nome
Para cada Chefe de Falange encontramos 7 Guias com nomes diversos
Para cada Guia encontramos 7 Protetores com nomes diversos
Chefe de Legião
Chefe de Falange
Guia
Protetores
Exemplos de entidades e seus graus hierárquicos:
Chefes de Legião:
Oxalá – Guarani
Ogum – De Male
Oxossi – Araribóia
Xangô – Pedra Branca
Yemanjá – Estrela do Mar
Yori – Yrai
Yorimá – Pai José de Aruanda.

Guias:
Oxalá – Água Branca
Oxossi – Tupinambá
Ogum – Rompe Mato
Xangô – Cachoeira
Yemanjá – Jacira
Yori – Crispim
Yorimá – Pai Jacó

EXÚ
Outra entidade que se apresenta na Umbanda é os Exús; É a entidade que trabalha transmutando a magia no plano astral, a qual, infelizmente, é muitas vezes conhecida erroneamente com conotações pejorativas, mas no entanto são entidades de Luz, como todas as outras, esclarecemos que EXÚ não vem nas giras de Umbanda para fazer o mal, e sim ajudar as pessoas nos caminhos do bem, assim ganham muito com isso.

Leia mais em outras postagem abaixo

Axé a todos
Emidio de Ogum
http://espadadeogum.blogspot.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não somos donos da verdade, mas sim contribuintes a boa divulgação dos ensinamentos da Umbanda, caso tenha algo para acrescentar ou corrigir envie para nós.
Obrigado

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Leia o Blog e Ouça este lindo Hino dos Orixás

Histórias dos Mestres

Aqui nosso E Mail mande sugestôes - espadadeogum@gmail.com

Pai Oxalá

Jesus

Conselheiros dos Guerreiros do Axé

Conselheiros dos Guerreiros do Axé
Pai Leonardo e Pai Emidio de Ogum

Rubens Saraceni e Leo das Pedreiras

Rubens Saraceni e Leo das Pedreiras
Pai Leo das Pedreiras

Eterno Mestre

Eterno Mestre
Este senhor ensinou a humildade e nunca usar um dom para ganhar algo em troca.

Mais de 10 milhões de Visitantes - Que nosso Pai Ogum ilumine seus caminhos

Pomba Gira

Oração de São Francisco por Maria Bethania

São Francisco

Oração a São Francisco