Páginas

Seja um seguidor e receba nosso axé

Pesquisar assuntos deste blog

Leia também neste site

quinta-feira, 17 de setembro de 2009

A Umbanda irmã de todos evangélicos, católicos, budista etc...



Nós somos dois irmãos, sejam da Umbanda, Candomblé, Espíritas, Evangélicos, Católicos, Budistas, etc... unidos pela fé e pelo coração; nem a morte do corpo nos separou.
Nascemos e morremos para a vida terrena, unidos. Quando nascemos nós não tínhamos vícios, nem vaidades; tínhamos apenas sonhos de crianças; de crescer, ajudar, e ter a chance de mostrar para o mundo que a vida não é só a da terra.
Mostrar que além da grosseira matéria, que existe um Ser Supremo, que a tudo vê e coordena, Arquiteto do Mundo, senhor dos rebanhos.
Os homens não nos deixaram criar nossa história sem mancharem nossas mãos com sangue, e, desde remotas eras, que muitos matavam por ganância. O tesouro maior para eles eram as riquezas materiais. Pedras preciosas e ouro foram os vilões que fizeram muitas vítimas; tanto quanto as terras, como até os dias de hoje, continuam fazendo.
Criam bens na vida terrena, como se isso fosse eterno, como se esses bens fossem durar para sempre. Esquece-se que a morada terrena é breve e passageira, e que só existe uma morada eterna, que é a de nosso Pai.
As coisas conseguidas aqui, aqui ficam; até nosso corpo carnal fica apodrecido nas profundezas da terra, que é a alma do mundo. E para que também se cumpram às escrituras: "Nasceste do pó, e ao pó voltarás". Portanto, nada vai para o alto, além do bem maior que é a fé, o amor incondicional e a caridade, balsamo aos olhos do Criador e alívio às mazelas do espírito.
Mas o que podemos fazer, se muitos em nosso planeta, acham que as riquezas terrenas é que são eternas, verdadeiras e duradouras? E que por elas matam, enlouquecem, brigam e excomungam a quem quer que seja. Pode ser o mais chegado parente de sangue que, em se tratando de bens, perde qualquer laço que o ligue a ele.
Esquece-se que: A maior riqueza é da alma, e que o maior e mais durável tesouro é a fé. A fé, maior riqueza que a tudo resiste. nada a corroem. É a mais bela riqueza interior; enquanto que as belezas da carne são volúveis e feias, e quanto maiores os enfeites, menos belos ficam seus corpos; e mais feios, os seus espíritos.
A beleza interior é forte como as águas do oceano, e quando ela aflora é bela como as estrelas no céu, doce como o canto dos pássaros, num campo florido, irradiando a sua beleza a quilômetros de distância.

A beleza eterna é assim:

Brilha mais, quem não quer brilhar;
Quando se quer, mais o brilho ofusca, se apaga.
Quanto menos se quer, mais se brilha, se aparece;
E quanto mais se quer ser lembrado, mais se é esquecido;
E quanto menos se quer ser visto mais se é.
É assim a beleza dada por nosso Pai.

Um sacerdote somente pode seguir a palavra de Deus, e através do seu filho Jesus iniciou-se nosso aprendizado.

Na Umbanda erguemos templos a virtude e o bem e masmorras ao vício e a prática do mal.

Tríplice e fraternal abraço
Emidio de Ogum

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não somos donos da verdade, mas sim contribuintes a boa divulgação dos ensinamentos da Umbanda, caso tenha algo para acrescentar ou corrigir envie para nós.
Obrigado

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Leia o Blog e Ouça este lindo Hino dos Orixás

Histórias dos Mestres

Aqui nosso E Mail mande sugestôes - espadadeogum@gmail.com

Pai Oxalá

Jesus

Conselheiros dos Guerreiros do Axé

Conselheiros dos Guerreiros do Axé
Pai Leonardo e Pai Emidio de Ogum

Rubens Saraceni e Leo das Pedreiras

Rubens Saraceni e Leo das Pedreiras
Pai Leo das Pedreiras

Eterno Mestre

Eterno Mestre
Este senhor ensinou a humildade e nunca usar um dom para ganhar algo em troca.

Mais de 10 milhões de Visitantes - Que nosso Pai Ogum ilumine seus caminhos

Pomba Gira

Oração de São Francisco por Maria Bethania

São Francisco

Oração a São Francisco