Páginas

Seja um seguidor e receba nosso axé

Pesquisar assuntos deste blog

Leia também neste site

sábado, 16 de março de 2013

As diversas curas de Jesus




Que poder têm as mãos para curar?
Desde os tempos primordiais, há evidências do poder de cura das mãos. Um dos maiores mestres da cura pela imposição das mãos foi Jesus.
No Antigo Egito, a cura pelas mãos era praticada desde os primórdios, sendo de domínio dos sacerdotes, e foi extensivamente praticada nos templos de Osíris, Ísis e Hórus.
Na Inglaterra e na França medieval, a cura pelas mãos foi muito conhecida.
No Tibet, há registros de cura pelas mãos com mais de oito mil anos.
Muitas das culturas religiosas usam o poder de imposição das mãos para abençoar e curar. Enfim, grandes mestres da humanidade usaram e usam as mãos para curar.
O poder das mãos está ligado ao cérebro - pensamento/intenção -, e ao coração - sentimento/amor. Portanto, as mãos podem abençoar e curar.
Naturalmente que a intenção de nossos pensamentos e sentimentos é que modera as vibrações que são irradiadas através da imposição das mãos, sobre nós mesmos ou sobre os outros.
Sabemos que a base do Universo é sustentada pelas polaridades: Yin e Yang*.
As mãos são antenas vivas, sendo ativadas pelas polaridades.
A palma da mão direita é Yang, estimulando e promovendo a força e o encorajamento. A palma da mão esquerda é Yin e tem a capacidade de acalmar as dores. E ambas as mãos produzem esses efeitos combinados sobre uma pessoa ou em nós mesmos.
Quando pensamos, temos um sentimento e quem sente é o coração. Portanto, as mãos estão ligadas ao coração, que, através dos condutos enérgicos dos braços, projeta energias pelos chacras das palmas das mãos e os mini-chacras das pontas dos dedos - as quais, ao serem irradiadas sobre um corpo humano, produzem a cura natural.
O homem é semelhante a Deus, e "Ele" é força, luz e amor. Então, somos luz, e a luz faz parte da essência de nossas células e do DNA. Dessa forma, o DNA é sintonizado e harmonizado por esse fluxo de luz.
Quando fazemos a imposição das mãos com amor, acontece algo maravilhoso e divino, pois aquilo que enviamos ao outro retornará a nós mesmos, dando-nos uma força maior do que aquela que exteriorizamos.
EXERCÍCIO
- Eleve os pensamentos a Deus;
- Sinta a luz divina descer sobre o topo de sua cabeça, espalhando-se por dentro e por fora de seu corpo;
- Agora volte sua atenção para seu coração; perceba-o todo iluminado, como um sol;
- Imagine que raios de luz saem de seu coração-sol, irradiando-se pelos braços e mãos;
- Fique assim, por algum tempo, deixando que a luz divina faça a cura em você;
- Você também pode, nesse estado de Ser, espalmar suas mãos e enviar luz-amor para o Planeta Terra e sua humanidade.
Que as bênçãos de Deus caiam sobre você como uma chuva de luz dourada, para todo o sempre...




MECANISMOS DE CURA:

No que tange a compreensão do processo de cura,  acreditamos que primariamente ocorre uma mudança energética no corpo físico e mental do enfermo, transferida pelo curador, mas largamente facilitada pelo próprio enfermo, através do mecanismo facilitador da fé, esta mudança se faz  por uma complexa passagem fluídica do curador para o doente, pelo magnetismo, ou seja, há uma transfusão de uma parte da energia do próprio curador para o doente, ou pela utilização da energia fluídica universal, manipulada (se assim podemos dizer) pelo curador. Não queremos dizer com isso que Jesus curava por esses mecanismos, não estamos aqui para analisar a divindade do Mestre, incompreensível para nós, pois temos certeza que Ele usa e usava recursos infinitamente mais elaborados, pela sua superioridade incontestável.

1º - Cura pela imposição de Suas mãos com ou sem toque: geralmente sobre a cabeça ou fronte, podendo ser em partes do corpo como pernas ou braços.


2º - Cura pelo uso da fé: a fé de Cristo transcende a nossa compreensão, pois sendo Ele o próprio representante de Deus na terra, tudo Lhe é possível, com sua força redentora de Deus em todos nós. 


3º - Cura pela fé do próprio doente: percebemos assim que a fé não é uma virtude mística, mas sim uma força atrativa, de assimilação e de aceitação e que não implica em saber os mecanismo científicos que justifiquem a cura ou o milagre, mas quando o enfermo não a tem, opõe uma resistência, uma força repulsiva, que pode fazer toda a diferença, essa força contrária mental podemos chamá-la de dúvida, de medo. Alguns pela indiferença podem apresentar uma força de inércia ou apatia, que também não contribui para o sucesso da cura. É necessário querer muito, estar disposto à cura. Como consta em Lucas 17:11/19, quando Jesus curou (10) dez leprosos de uma só vez, porque eles solicitaram a Sua cura, pois eles disseram em alta voz: "Jesus tem compaixão de nós"


    

4º - Cura pela fé de um intermediário: uma terceira pessoa que amasse o enfermo e muito o queria vê-lo curado, podendo ser um parente ou amigo, poderia desencadear o processo de cura. Rezar a Deus por alguém pode promover uma cura. 


5º - Cura pelo poder da palavra: outro atributo muito importante na cura que Jesus utilizava era o poder da palavra, pela Sua autoridade como representante de Deus. Quando Jesus curou um ser que tinha sua mão atrofiada Ele disse apenas: "estenda a mão" 



6º - Cura pela emanação de fluídos: através de Seu corpo Jesus transbordava amor, acreditamos também que pela Sua sabedoria e Sua extrema bondade, um simples toque em suas vestes ou em seu corpo, mesmo sem a Sua autorização, poderia promover uma cura instantânea, pela Sua constante emanação de fluidos de regeneração




7º - Cura pelo poder da Presença: muitas pessoas que questionam as curas de Jesus ou pelo menos parte delas, remontam a idéia que o Mestre não tem mais o poder de cura, porque materialmente falando não se encontra mais entre nós, ou seja, na carne. Mas a obra continua, é a questão da continuidade, esquecem-se de que muito depois da "morte" dEle, os apóstolos Pedro, João e Paulo,  etc., também curavam mesmo sem a presença física de Jesus, pelo poder da presença de Deus dentro deles, isto pode acontecer mesmo hoje entre nós, aqueles que acreditam e através da palavra determinarem, podem também curar. O lenço de Paulo"curava", a sombra de Pedro "curava" e Pedro ressuscitou Docas, a costureira. Você pode ser um apóstolo de Jesus, para tanto, ou seja, ser um apóstolo de Jesus é necessário ter fé e fazer renascer o Cristo dentro de você. 




8º - Cura pelo poder do nome dele: Muitas pessoas que estão passando por uma dificuldade iminente, correndo risco de vida até, sendo obsedadas, acometidas de aflição súbita, pânico, relatam que ao verbalizarem o nome de Jesus, pedindo sua intervenção imediata, o mal estar regrediu e a sensação de opressão desapareceu instantaneamente. Existem inumeráveis situações onde se proferindo o nome de Jesus Cristo a influência do inimigo subitamente perde o efeito, haja com fé e certeza, pois o Seu nome transcende a nossa compreensão e Sua verbalização evoca todo um mecanismo de proteção e ajuda.


9 º -  Cura pelo poder da Autoridade: Jesus era (e é) uma autoridade na cura e na execução de milagres, quando Ele chegava em determinado vilarejo sua reputação já era largamente conhecida, isso de certa forma já facilitava a obtenção da cura, pois as pessoas doentes que a Ele se chegavam, em seu íntimo já tinham a convicção do sucesso após o encontro a que se propunham. Isso nos faz pensar sobre a questão da glória (da honra de Deus que Jesus trazia consigo como selo).

Uma observação importante que nos faz meditar sobre o mecanismo da cura e de sua manifestação ou concretização , é que Jesus fez muito pouca cura na sua cidade onde cresceu, mas fez curas fenomenais fora de seu berço e sua fama era imensamente reconhecida em lugares longínquos...e que nos faz lembrar de um dito popular, "Santo de casa não faz milagre". Muitas vezes precisamos sair de nosso berço natal para sermos reconhecidos como profissional, como pessoa, como cidadão, etc.

10º -  Cura pelo uso da saliva: Na passagem bíblica onde Jesus curou um surdo-mudo, há um momento em que Ele toca a língua do doente levando saliva de Sua boca e que juntamente com os outros procedimentos, levaram à cura. Notamos neste caso que Jesus manteve-se cauteloso com relação às possíveis interferências do ambiente, pois retirou o enfermo da balbúrdia da multidão e dirigindo-se a um canto mais tranquilo, realizou o Seu procedimento de cura, afastando totalmente a possibilidade de insucesso, pela interferência de forças contrárias, como a desconcentração ou energias deletérias emanadas do aglomerado humano (multidão). 

11º -  Cura à distância: a cura do filho do centurião é considerada uma típica cura à distância, quando Jesus diz: 


12º - Cura pela repreensão da doença: Homem possuído " Cala-te e sai desse homem e o espírito saiu agitando-se violentamente e bradando em alta voz".

13º - Cura pelo uso da terra:    
       
      
14º - Cura pelo toque:  muito parecida com a cura pela imposição das mãos, neste caso diferindo, sem impor as mãos sobre uma superfície corporal, mas sim com toque mais breve.



15º - Cura pelo poder do merecimento: A definição de mérito ou merecimento é a qualidade que torna alguém digno de prêmio ou castigo. Por  isso acreditamos que quando muitas pessoas dizem que têm pedido a Deus ou a Jesus uma graça e ainda não a obtiveram, independente da fé, pensamos que ela esteja enquadrada nesta condição ou limitação, muitas vezes achamos que algo poderia ser bom para nós, mas aos olhos de Deus, não nos seria proveitoso naquele momento, poderíamos dela fazer mal uso ou, simplesmente não merecemos tal graça devido ao nosso grau de comprometimento perante a vida.  Continuemos a esperar em Cristo...


Que a Divina Luz esteja entre nós
 Emidio de Ogum
 http://espadadeogum.blogspot.com 
RECOMENDE AQUI ESTE ARTIGO NO BOTÃO +1

Leia o Blog e Ouça este lindo Hino dos Orixás

Histórias dos Mestres

Aqui nosso E Mail mande sugestôes - espadadeogum@gmail.com

Pai Oxalá

Jesus

Conselheiros dos Guerreiros do Axé

Conselheiros dos Guerreiros do Axé
Pai Leonardo e Pai Emidio de Ogum

Rubens Saraceni e Leo das Pedreiras

Rubens Saraceni e Leo das Pedreiras
Pai Leo das Pedreiras

Eterno Mestre

Eterno Mestre
Este senhor ensinou a humildade e nunca usar um dom para ganhar algo em troca.

Mais de 10 milhões de Visitantes - Que nosso Pai Ogum ilumine seus caminhos

Pomba Gira

Oração de São Francisco por Maria Bethania

São Francisco

Oração a São Francisco