Páginas

Seja um seguidor e receba nosso axé

Pesquisar assuntos deste blog

Leia também neste site

segunda-feira, 21 de abril de 2014

Oferenda para Ogum



Toda oferenda para um Orixá deve ser preparada com muito amor, lave as mãos em agua corrente, firme a partir dai seu pensamento e inicie orações, depois continue meditando e invocando seu pedido. 

Comida oferenda para Ogum (melhora no trabalho, conquistas profissionais, amor, paz e saúde)

Ingredientes:
1 Bagre grande ou Costela com 7 ossos
1 kg de batata 
1 kg de cebola
1 kg de farinha de mandioca
3 pimentas
Azeite de dendê
1 pitada de Sal

Modo de Preparo: Se limpa o bagre sem cortar as barbatanas e sem cortar. Retiram-se as “tripas” pela cabeça, utilizando as mãos e sem cortar. Depois de limpo tempera-se com um pouquinho de sal e as três pimentas da costa moídas. Unta-se ele todo com azeite de dendê e leva-se ao forno para dourar.  Enquanto assa, cortam-se as batatas e as cebolas em rodelas e se frita no azeite de dendê, deixa-se esfriar, aproveitando o azeite de dendê para fazer uma farofa. Em uma travessa grande de porcelana, cruzada com pemba branca e banha de ori, põe-se a farofa e por cima o bagre. Em volta são colocadas às batatas e as cebolas todas untadas no aceite de dendê. Acompanha a bebida correspondente e uma vela branca.
Obs: O mesmo procedimento é realizado com a costela.

Abertura de caminhos

Ingredientes: Cará médio
                    Azeite de dendê
                    Mel
                    7 ákásás brancos
                    7 bandeiras brancas feitas com vara de laranjeira e morim branco
                    7 velas brancas
                    1 coco verde
                    Seu nome escrito num papael branco, á lápis, sete vezes

Oberó ( local para colocar a oferenda), obs tem que ser de ferro.


   Esta oferenda é destinada a abertura de caminhos, para Ogum cortar ajó ( confusões ), principalmente em abientes profissionais. Cozinhe o cará em bastanta água, logo reserve e deixe amornar. parta - o ao meio e acomode no oberó ja lavado. regue uma parte com mel e outra com dendê. Passe os ákásás fechados em seu corpo de cima para baixo na frente e em suas costas, desembrulhe e coloque no meio do cará. Finque uma bandeira branca em cada ákásá, de forma que fiquem em pé. Abra o coco e coloque dentro o papel com o seu nome escrito. Ofereça este presente a Ogum em uma estrada, de preferência de subida, ao pé de um coqueiro alto e reto. acenda as velas ao redor do prato e cloque o coco na frente. Peça vitórias e que Ogum abra seus caminhos e desfaças os confuções. Saia do local sem olhar para trás. Boa Sorte


Que a Divina Luz esteja entre nós
Emidio de Ogum
http://espadadeogum.blogspot.com
RECOMENDE AQUI ESTE ARTIGO NO BOTÃO +1

Leia o Blog e Ouça este lindo Hino dos Orixás

Histórias dos Mestres

Aqui nosso E Mail mande sugestôes - espadadeogum@gmail.com

Pai Oxalá

Jesus

Conselheiros dos Guerreiros do Axé

Conselheiros dos Guerreiros do Axé
Pai Leonardo e Pai Emidio de Ogum

Rubens Saraceni e Leo das Pedreiras

Rubens Saraceni e Leo das Pedreiras
Pai Leo das Pedreiras

Eterno Mestre

Eterno Mestre
Este senhor ensinou a humildade e nunca usar um dom para ganhar algo em troca.

Mais de 10 milhões de Visitantes - Que nosso Pai Ogum ilumine seus caminhos

Pomba Gira

Oração de São Francisco por Maria Bethania

São Francisco

Oração a São Francisco