Páginas

Seja um seguidor e receba nosso axé

Pesquisar assuntos deste blog

Leia também neste site

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

O que é Carma?



[sozinha01-full.jpg]
Há quatro grandes grupos de carma que operam em nossas vidas. O primeiro é chamado de carma reprodutivo. É a força daquelas ações que exercemos que tem o poder para determinar o renascimento. O tipo de ações que tem o poder de determinar se vamos nascer no mundo humano ou em mundos inferiores, nos planos celestes ou brâmicos da existência.

"Entrai pela porta estreita, porque larga é a porta e espaçoso o caminho que conduz a perdição, e muitos são os que entram por ela; e porque estreita é a porta e apertado o caminho que leva a vida, e poucos há que a encontrem." Jesus Cristo (Mateus – 7,13)

Uma vez perguntaram ao Buda porque algumas pessoas nasciam ricas, outras pobres; porque algumas tinham corpos saudáveis, outras doentes. Porque algumas pessoas são tão lindas e outras tão feias? E assim por diante! Muitas perguntas foram feitas a ele. Em especial o que causava essas diferenças que podem ser vistas entre as pessoas? Ele respondeu que todos os seres são herdeiros de seu próprio carma passado. São, na verdade, nossos atos passados o útero do qual nascemos. A vida como ela é experimentada no presente é o resultado da força acumulada de todas as nossas ações do passado.

O Buda continuou explicando quais tipos de ações levavam a quais resultados específicos. Ele disse que seres que tiram a vida de outros seres, vivem muito pouco tempo. Seres que se abstêm de matar, experimentam um tempo de vida longo. Pessoas que causam mal e dor a outros seres vivos, experimentam muitas enfermidades e doenças. Aqueles que praticam não causar mal aos outros, não-violência, experimentam boa saúde. Ele disse que aqueles que são gananciosos, miseráveis, experimentam grande pobreza. Aqueles seres que praticam a generosidade, o compartilhar, são mãos-abertas, experimentam a abundância. Esta é a lei da causa e efeito em funcionamento. Cada ação produz um certo resultado.

Os seres que se envolvem em comportamentos não-harmoniosos, tais como adultério ou roubo, têm como resultado a associação com pessoas insensatas, não conseguem muitos bons amigos, não chegam a entrar em contato com o Dharma. Aqueles que praticam as restrições morais básicas acabarão vivendo em locais agradáveis, terão muitos bons amigos e terão muita ajuda ao longo de seu caminho. Aqueles que nunca questionam o porquê da vida, que nunca tentam analisar ou compreender a natureza das coisas, nascem parvos ou estúpidos. Aqueles que questionam, que sondam, que investigam, que tentam buscar respostas para este mistério da vida tornam-se muito sábios. Novamente, é a lei da causa e efeito em funcionamento. Aqueles que praticam um falar gentil, amoroso e harmonioso acabam experimentando grande beleza como resultado. As pessoas que utilizam muita linguagem abusiva, rude, com palavras de ira, assumem uma aparência feia.

O segundo tipo de carma é chamado carma de suporte. São aquelas ações que apoiam o carma reprodutivo. Por exemplo: suponha que temos um bom carma reprodutivo e nascemos no mundo humano. Esse é um bom renascimento, um plano feliz de existência. O carma de suporte são todas aquelas ações que fazem nossa experiência como humanos ser agradável. Reforça um bom carma reprodutivo e é causa de todo o tipo de alegrias. O terceiro grupo é chamado de carma contra-ativo ou de oposição. Ele atrapalha o carma reprodutivo.

O carma necessário para o renascimento como ser humano foi benéfico, porém se houve um forte carma contra-ativo, ele cria situações desagradáveis. Isso também funciona ao contrário. Suponha que um ser renasça como um animal. Este seria um mau carma reprodutivo; trata-se de um renascimento inferior. Suponha que tenhamos um bom carma de renascimento como seres humanos, mas que experimentamos muita confusão, muita dor, muito sofrimento. Esse é o efeito do carma contra-ativo. O renascimento foi bom.

O carma contra-ativo pode tornar a existência do animal muito prazerosa, como ocorre com muitos animais de estimação. Esses animais vivem com mais conforto do que muita gente. Esse carma poderoso contrabalança o mau carma do renascimento. Ele funciona nos dois sentidos. O último grupo é chamado de carma destrutivo. Ele impede o fluxo das outras forças. Suponha que você atire uma flecha no ar. A flecha tem uma certa intensidade de movimento e, se não for impedida, continuará até que caia num certo lugar distante. O carma destrutivo é como uma força poderosa que segura a flecha no meio do ar, jogando-a no chão.

Há uma história a respeito de um homem da época do Buda que ilustra alguns dos funcionamentos do carma. Ele fez uma oferenda de alimento a um arhant, um ser plenamente iluminado. Após fazer a oferenda, ele começou a se arrepender de tê-lo oferecido. Há seres que experimentam uma morte precoce. Seu carma reprodutivo e o de apoio podem ter sido bons, porém, de alguma forma, por causa de uma ação passada um carma destrutivo poderoso derruba o vôo daquela flecha, interrompe o fluxo das outras forças cármicas.

Conta-se que durante sete reencarnações em seguida, ele renasceu milionário como resultado de ter dado a comida. Traz muito poder dar comida a um ser plenamente iluminado. Porém, como resultado dele ter tido aqueles momentos de arrependimento, esse homem muito rico viveu de uma forma muito miserável, completamente incapaz de curtir os frutos de sua riqueza, pois era muito avarento. Diferentes tipos de carma trazem diferentes resultados dependendo de nossos estados mentais mutáveis.

PALAVRAS DO MESTRE BUDA
Não ponhas tua fé em tradições, mesmo que tenham sido aceitas por muitas gerações e em muitos países.
Não creias em algo porque muitos o repetem.
Não aceites algo baseando-te na autoridade de sábios antigos, nem com base nas afirmações que encontreis nos livros.
Não creias em nada mesmo que as probabilidades estejam a favor.
Não creias em nada que tenhas imaginado, pensando que um deus te inspirou.
Não creias em nada baseando-te na autoridade de mestres ou sacerdotes.
Depois de haver examinado algo, crê no que tenhas comprovado por ti mesmo, achado razoável
e que esteja em conformidade com o teu bem estar e das demais pessoas.

[pnl-palestras-meditacao-paz.jpg]


Paz Amor e Harmonia
Emidio de Ogum
http://espadadeogum.blogspot.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não somos donos da verdade, mas sim contribuintes a boa divulgação dos ensinamentos da Umbanda, caso tenha algo para acrescentar ou corrigir envie para nós.
Obrigado

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Leia o Blog e Ouça este lindo Hino dos Orixás

Histórias dos Mestres

Aqui nosso E Mail mande sugestôes - espadadeogum@gmail.com

Pai Oxalá

Jesus

Conselheiros dos Guerreiros do Axé

Conselheiros dos Guerreiros do Axé
Pai Leonardo e Pai Emidio de Ogum

Rubens Saraceni e Leo das Pedreiras

Rubens Saraceni e Leo das Pedreiras
Pai Leo das Pedreiras

Eterno Mestre

Eterno Mestre
Este senhor ensinou a humildade e nunca usar um dom para ganhar algo em troca.

Mais de 10 milhões de Visitantes - Que nosso Pai Ogum ilumine seus caminhos

Pomba Gira

Oração de São Francisco por Maria Bethania

São Francisco

Oração a São Francisco