Páginas

Seja um seguidor e receba nosso axé

Pesquisar assuntos deste blog

Leia também neste site

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Hospital de Câncer de Barretos




Conheça o Hospital de Câncer de Barretos


 

A História

Como tudo começou...
A pequenina semente plantada na década de 60, pelo Dr. Paulo Prata, só conseguiu germinar, crescer, se fortalecer e conquistar espaço no cenário oncológico nacional, graças à competência, desprendimento e seriedade de seus médicos e equipe técnica.
O objetivo de tratar com dignidade, pacientes de câncer, sem nenhum recurso financeiro, fez com que empresários, artistas e muitas cidades acreditassem na seriedade do projeto e investissem seus recursos nesta fundação.

O desafio de manter essa instituição de portas abertas cresce a cada dia, na medida em que o hospital se torna conhecido em todo território nacional. Mais do que nunca precisamos do apoio financeiro de pessoas e empresas conscientes de suas responsabilidades sociais, para continuarmos nossa missão de salvar Vidas.

Na década de 60, o único hospital especializado para tratamento de câncer situava-se na capital do estado de São Paulo e os pacientes que apareciam no Hospital São Judas de Barretos com a doença, eram, em sua maioria, previdenciários de baixa renda, com alto índice de analfabetismo. Por isso, tinham dificuldades de buscar tratamento na capital, por falta de recursos, receio das grandes cidades, além da imprevisibilidade de vaga para internação.

Em 27 de novembro de 1967, foi instituída a Fundação Pio XII e, conforme memorando 234, de 21 de maio de 1968, assinado pelo Dr. Décio Pacheco Pedroso, diretor do INPS(Instituto nacional de previdência social), passou a atender pacientes portadores de câncer.
Este pequeno Hospital contava com apenas quatro médicos: Dr. Paulo Prata, Dra. Scylla Duarte Prata, Dr. Miguel A. Gonçalves e Dr. Domingos Boldrini. Eles trabalhavam em tempo integral, dedicação exclusiva e caixa único permitindo um tratamento eficiente aos pacientes. Esta filosofia de trabalho promoveu o crescimento da Instituição. Devido à grande demanda de pacientes e o velho hospital não comportar todo crescimento, o Dr. Paulo Prata, idealizador e fundador, recebeu a doação de uma área na periferia da cidade e propôs a construção de um novo Hospital que pudesse responder às crescentes necessidades.
No ano de 1989, Henrique Duarte Prata, filho do casal de médicos fundadores do hospital, abraça a idéia do pai e com a ajuda de fazendeiros da cidade e da região constrói a primeira parte do projeto, o pavilhão Antenor Duarte Villela, onde funciona o ambulatório do novo hospital, inaugurado em 6 de dezembro de 1991.
Dando seqüência ao projeto que vem ganhando grandes proporções com a ajuda da comunidade, de artistas, da iniciativa privada e com a participação financeira governamental, outras áreas do hospital estão sendo construídas para atender via SUS, os pacientes com câncer que aqui chegam.
Diante dos serviços prestados aos pacientes de todo o país, o ministério da saúde, reconhece que o Hospital de câncer é o melhor prestador de serviços entre os 6530 hospitais públicos e particulares avaliados e confere o premio QUALIDADE HOSPITALAR 2000.
Hoje, o hospital com 200 médicos e mais de 1800 funcionários, atende 1.342 municípios dos 27 estados do Brasil com 3.000 atendimentos/dia sendo 100% via SUS (não pagam absolutamente nada). Está equipado com os mais sofisticados equipamentos necessários para prevenção, diagnóstico e tratamento, contando com uma equipe medica altamente qualificada e transmultidisciplinar. Para acolher os pacientes que não podem se hospedar em hotel, o hospital mantém 13 alojamentos para adultos com toda infra-estrutura para mais de 650 pessoas e 2 alojamentos especiais para crianças. Diariamente 6.000 refeições são servidas além de 2.000 Kg de roupas lavadas.
Apesar do déficit mensal em torno de R$ 4.200.000,00 (quatro milhões e duzentos mil reais), o hospital mantém suas portas abertas, graças ao apoio e à solidariedade de inúmeras cidades que se organizam para dar as condições financeiras que a instituição necessita. Salientamos também que artistas, iniciativa privada e mais recentemente a classe política, têm contribuído para que se possa devolver esperança de vida a todos que o procuram.


Saiba mais
http://www.cliquecontraocancer.com.br/hospital.cfm

Paz Amor e Harmonia
Emidio de Ogum
http://espadadeogum.blogspot.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não somos donos da verdade, mas sim contribuintes a boa divulgação dos ensinamentos da Umbanda, caso tenha algo para acrescentar ou corrigir envie para nós.
Obrigado

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Leia o Blog e Ouça este lindo Hino dos Orixás

Histórias dos Mestres

Aqui nosso E Mail mande sugestôes - espadadeogum@gmail.com

Pai Oxalá

Jesus

Conselheiros dos Guerreiros do Axé

Conselheiros dos Guerreiros do Axé
Pai Leonardo e Pai Emidio de Ogum

Rubens Saraceni e Leo das Pedreiras

Rubens Saraceni e Leo das Pedreiras
Pai Leo das Pedreiras

Eterno Mestre

Eterno Mestre
Este senhor ensinou a humildade e nunca usar um dom para ganhar algo em troca.

Mais de 10 milhões de Visitantes - Que nosso Pai Ogum ilumine seus caminhos

Pomba Gira

Oração de São Francisco por Maria Bethania

São Francisco

Oração a São Francisco