Páginas

Seja um seguidor e receba nosso axé

Pesquisar assuntos deste blog

Carregando...

Leia também neste site

sexta-feira, 8 de julho de 2011

Pomba Gira Maria Padilha


Maria Padilha Maria Padilha Maria Padilha Maria Padilha Maria Padilha Maria Padilha Maria Padilha Maria Padilha Maria Padilha Maria Padilha

A homenagem é à Pomba-Gira mais conhecida, Dona Maria Padilha. Esta falange é muito conhecida e há vários espiritos que trabalham sob esta falange, algumas vertented são:

Maria Padilha da Encruzilhada
Maria Padilha do Cemitério
Maria Padilha Mulambo
Rainha Maria Padilha
Maria Padilha do Fogo
Maria Padilha da Praia
Maria Padilha do Oriente
Maria Padillha das Almas
entre outras.

Em homenagem a essas grandes Guardiãs, hoje falaremos um pouco da história da uma das Maria Padilha das Almas.

Maria Padilha que não autorizou usar seu nome em vida foi uma mulher que vivia num retiro cigano na espanha perto de Barcelona. Ela era filha dos chefes daquele retiro que sempre foi muito perseguido pela inquisição. Numa de suas idas a cidade ela se enamorou por um padre perdidamente, mas ele nem ao menos a olhava então esta moça começou a se vestir de outra maneira até que conseguiu se aproximar, o padre nem imaginava sua descendência, e por ela sentia um sentimento, porém não dava atenção pois seu trabalho era o principal objetivo, e por mais que quisesse nunca deixaria sua posse pontifica por um amor.
Mesmo assim se sentia feliz ao vê-la ao seu lado por mais que não quisesse alimentar este amor que ele achava não ser correspondido.
Quando o pai deste padre adoeceu em leito de morte este ficou a saber que era de descendência cigana e logo que poderia ter mandado à guilhotina um de seus familiares. em volto a revolta ele deixou a batina e foi viver junto com os ciganos fora da cidade, ao chegar encontrou Maria Padilha que lhe deu todo amor porém este amor não pode durar muito devido ele ter deixado a igreja foi condenado e morto na guilhotina antes que seu amor pudesse fluir. Padilha então sofreu sua morte e comandou uma revolta contra igreja gerando a morte do bispo, mas foi em vão foi queimada na praça pública. E assim no plano espiritual vive hoje ao lado de seu companheiro.

Todas as Padilhas são entidades finas, que gostam de boas bebidas e bom cigarros, se portam como madames e não como alguns dizem mulheres da vida. Suas cores principais são vermelho e preto, sempre usando mais o vermelho. São diretas e educadas nas consultas e adoram trabalhar em desmanches de amarrações e trabalhos ligados ao amor.



Que Oxalá nos abençoe sempre


Saravá  .'.


"Semirombá" Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Que a Divina Luz esteja entre nós
Emidio de Ogum
http://espadadeogum.blogspot.com

Leia o Blog e Ouça este lindo Hino dos Orixás

Histórias dos Mestres

Aqui nosso E Mail mande sugestôes - espadadeogum@gmail.com

Pai Oxalá

Jesus

Conselheiros dos Guerreiros do Axé

Conselheiros dos Guerreiros do Axé
Pai Leonardo e Pai Emidio de Ogum

Rubens Saraceni e Leo das Pedreiras

Rubens Saraceni e Leo das Pedreiras
Pai Leo das Pedreiras

Eterno Mestre

Eterno Mestre
Este senhor ensinou a humildade e nunca usar um dom para ganhar algo em troca.

Mais de 5 milhões de Visitantes - Que nosso Pai Ogum ilumine seus caminhos

Pomba Gira

Faça seu cadastro e fale com Pai Emidio de Ogum

Oração de São Francisco por Maria Bethania

São Francisco

Oração a São Francisco